CONTATO

​​Florianópolis

Tel: (055) 048 99136 4046

contato@lucianabecker.com.br

  • Logo face
  • Logo Insta
  • Logo YouTube
  • Logo Linked

A conscienciatização é o primeiro passo para a mudança.

April 10, 2019

 

 

Consegue perceber o que se está acontecendo agora no nosso corpo? Porque se sente de determinada forma?

Porque razão tem vontade de reagir ou agir de certa maneira? Porque se irrita, porque diz determinada afirmação?

 

Se conseguirmos aprender a ler as reações fisiológicas que acontecem no nosso corpo, compreender as nossas emoções e sentimentos em situações críticas do dia-a-dia, temos aí a possibilidade de lhes impor a nossa vontade, de ter domínio ao invés de ser dominada.

Temos a possibilidade de tomar decisões assertivas, decisões ajustadas e adequadas à situação, sem que mais tarde nos possamos arrepender.

 

COMO CONTROLAR O NOSSO ESTADO EMOCIONAL?

 

Para cada pensamento existe um determinado estado interno que é gerado (batimento cardíaco acelerado, fluidez de pensamento, aumento da temperatura corporal, tensão muscular aumentada, sudação, entre outros), estes sintomas, representam a preparação do corpo para a ação.

 

Se antecipadamente não percebemos estes estados, eles vão gerar atitudes e comportamentos automáticos, irão formar uma resposta emocional, na maioria das vezes de forma impulsiva e pouco inteligente.

 

Em contraste quando conseguimos construir uma representação interna ou conceito das nossas intenções, independentemente dos fatores externos, a nossa mente irá tornar isso real, e produzir um “estado de ser” que se comporte em consonância.

 

Este poder intencional é aquilo que admiramos nas pessoas é a sabedoria de lidar da melhor forma com suas próprias emoções e situações.

 

Nada tem mais poder sobre você do que aquilo que você atribui aos seus pensamentos conscientes. 

 

 

COMO TRABALHAR NO EQUILÍBRIO EMOCIONAL
 

O nosso comportamento é o resultado do estado em que estamos, o equilíbrio emocional é também um estado.

 

Imagine se você pudesse estalar os dedos e entrar no estado mais dinâmico e com maior quantidade de recursos disponíveis, um estado no qual está entusiasmado, seguro do seu sucesso, o seu corpo está a vibrar de energia, a sua mente está viva! Bem, isto é possível.

 

A maioria dos nossos estados acontece sem qualquer ordem consciente da nossa parte, vemos algo e reagimos a isso entrando num determinado estado. Pode ser um estado com muitos recursos e útil ou em estado sem recursos e limitador, mas a maioria de nós não faz praticamente nada para controlá-lo.

 

Quase tudo na vida que as pessoas querem é um estado de possibilidade. Pense em uma lista das coisas que quer na vida... Quer amor?

Bem, o amor é um estado, um sentimento ou emoção que comunicamos a nós próprios e sentimos dentro de nós com base em certos estímulos do ambiente.

 

Confiança? Respeito? São tudo coisas que criamos. Produzimos estados dentro de nós. Talvez queira dinheiro. Bem você não quer propriamente pequenos pedaços de papel adornados com diversas cores e símbolos, você quer aquilo que o dinheiro representa para si: amor, confiança, liberdade, calma, segurança, ou qualquer outro estado que o dinheiro possa ajudar a fornecer.

 

Assim a chave para o equilíbrio emocional, a capacidade para dirigir a sua vida de forma harmoniosa, é a capacidade de saber dirigir os seus estados.

 

 

TOME O CONTROLE DAS SUAS AÇÕES E CONSEQUENTES ESTADOS
 

A vida é como um rio, está em constante movimento, você pode ficar à mercê desse rio se não empreender ações conscientes e intencionais para guiar a si próprio numa direção pré determinada.

 

Se não plantar as sementes mentais e fisiológicas dos resultados que deseja, as ervas daninhas crescerão automaticamente. Se nós não dirigirmos conscientemente a nossa própria mente e estados, o ambiente em que vivemos pode produzir estados acidentais indesejáveis e os resultados podem ser desastrosos.

 

Assim é vital que, diariamente, estejamos atentos à nossa mente, que saibamos como é que, de uma forma consciente, estamos a representar as coisas para nós.

 

Lembre-se, de acordo com a psicologia positiva, temos sempre uma escolha acerca de como representamos as coisas para nós próprios. Se você cria uma representação em que a pessoa que ama o está a enganar, rapidamente se encontrará num estado de raiva e fúria. Você não tem qualquer prova de que isso é verdade, mas experimenta-o no seu corpo como se fosse, de forma que, quando a pessoa que ama chega a casa, você está desconfiado ou zangado. Neste estado, como é que trata a pessoa que ama? Normalmente não muito bem, certo? Pode agredi-la ou atacá-la verbalmente, ou simplesmente sentir-se mal internamente e criar um outro comportamento de retaliação mais tarde.

 

Lembre-se a pessoa que você ama pode não ter feito nada, mas o tipo de comportamento que você produz a partir desse estado vai provavelmente fazer com que ela queira estar com outra pessoa. Se for ciumento, você cria esse estado.

 

A alternativa é você alterar as imagens negativas em imagens construtivas, por exemplo, ver a pessoa que ama a esforçar-se por chegar a casa.

 

Este processo de criar imagens positivas irá te colocar num estado em que, quando a pessoa chegar a casa, você vai comporta-se de uma maneira em que ela vai sentir-se desejada.

 

Se assumirmos o controlo sobre a comunicação que mantemos conosco e produzirmos estímulos visuais, auditivos e cinestésicos daquilo que queremos, podem obter-se resultados positivos extraordinários, mesmo em situações em que as probabilidades de sucesso parecem limitadas ou inexistentes.

 

A Palavra de DEUS nos diz em Provérbios 23:7 "Assim como você pensa em sua alma, assim você é"; então renove a sua mente diariamente para produzir estados mentais positivos e padrões comportamentais que de sucesso.

 

 

 

 

 

Please reload

EM BREVE

Posts Recentes

October 17, 2019

Please reload

Junte-se a minha Lista VIP!